Aécio demonstra apoio, mas não sai de dentro do apartamento

O tucano Aécio Neves, candidato derrotado na disputa presidencial, apareceu na janela do seu apartamento em Ipanema, no Rio de Janeiro, vestindo camisa da seleção brasileira.
As cores da seleção foram predominantes entre os cerca de 15 mil manifestantes que foram à orla da praia de Copacabana em um protesto contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT).
Aécio estava ao telefone e não abriu a janela nem tentou interagir com as pessoas que passavam.
Mais cedo, a famosa avenida Atlântica foi tomada por pedestres em direção ao Posto 5, próximo à obra do Museu da Imagem e do Som, em uma marcha protesto.
A Tropa de Choque da PM do Rio, além de outras patrulhas policiais, acompanharam de perto a movimentação.
“Queremos punição para os atos de corrupção” é a mensagem estampada em uma das dezenas de faixas trazidas pelo público, que ocupou mais de dez quarteirões da orla da praia.
Às 9h30, horário marcado para o início da manifestação, o hino nacional foi executado em um trio elétrico do movimento que se intitula como Vem Pra Rua. Minutos depois, a multidão gritava em coro: “Fora PT!” 

Com Informações do DN

Curta e compartilhe:
1k