Aeroportos de Jericoacoara e Canoa Quebrada devem ser privatizados

O plano do Governo do Estado do Ceará de conceder à iniciativa privada a gestão dos aeroportos sob a tutela estadual já está sendo colocado em prática. O Departamento Estadual de Rodovias (DER), responsável pelos equipamentos, realiza estudo preliminar sobre a viabilidade econômica de privatizar os aeroportos de Cruz (do polo turístico de Jericoacoara) e de Aracati (polo de Canoa Quebrada). Foi o que afirmou o coronel Paulo Edson Ferreira, assessor de Infraestrutura Aeroportuária do DER.
O prazo para a conclusão de todo o processo vai depender do próprio Governo do Estado. Internamente, os dados estão sendo trabalhados há dois meses e o processo completo dura cerca de um ano, conforme Paulo Edson.
O interesse nas concessões de aeroportos regionais havia sido revelado pelo governador Camilo Santana na coluna Coluna Fábio Campos do último domino. Camilo havia afirmado que não faltará financiamento bancário às empresas interessadas em deter os equipamentos. As duas concessões seriam uma experiência a ser ampliada para outros aeroportos no Ceará.
Estratégia
A estratégia para ceder os aeroportos à iniciativa privada pode seguir duas etapas. Inicialmente, nada impede que seja apenas concedida a administração do equipamento para exploração comercial dos espaços internos. Nesse caso, basta uma licitação simples. Mas o grande objetivo é deixar nas mãos da empresa toda a gestão desses aeroportos.
Aeroportos 

Gestão do Estado

Aracati (obra pronta, à espera de equipamentos do Governo Federal)
1 Camocim (operacional)
2 Canindé (projeto com previsão de conclusão em dezembro de 2016)
3 Campos Sales (operacional)
4 Crateús (operacional)
5 Iguatu (operacional)
6 Itapipoca (projeto com previsão de conclusão em dezembro de 2016)
7 Jericoacoara (em construção com previsão de conclusão em setembro de 2015)
8 Limoeiro do Norte (em processo de reforma/ homologação)
9 Quixadá (operacional)
10 Russas (interditado/projeto de reforma)
11 São Benedito (operacional)
12 Sobral (operacional)
13 Tauá (operacional)
Fonte: Departamento Estadual de Rodovias (DER)
Curta e compartilhe:
1k