Aluno da rede estadual que entrar na universidade poderá ter bolsa

Alunos da rede estadual que ingressarem na universidade, poderão receber bolsa de um salário mínimo. O benefício será concedido a mil alunos por semestre. O Avance — Programa Bolsa Universitário foi lançado na manhã de ontem, no Centro de Eventos do Ceará, com assinatura da lei de criação do programa, pelo governador Camilo Santana (PT).

“O programa deverá dar suporte aos alunos que enfrentam dificuldades econômicas, garantindo que o jovem de baixa renda não deixe de ingressar no Ensino Superior”, frisou o secretário da Educação, Idilvan Alencar.

A bolsa de R$ 937 será paga durante os seis primeiros meses do Ensino Superior aos alunos que concluírem o Ensino Médio na rede pública e se matricularem em curso de graduação. As inscrições ocorrerão por meio de edital a ser divulgado.

“A sociedade fica mais forte com essas conquistas da juventude. Cabe ao Governo o compromisso de garantir que as desigualdades não pesem ainda mais sobre a história dos jovens cearenses. Nosso objetivo é que ninguém perca uma boa oportunidade por falta de condição financeira de se manter”, disse, na ocasião, a vice-governadora Izolda Cela.

Acesso à universidade

O índice de aprovação dos alunos das escolas públicas estaduais no Ensino Superior cresceu 28%, entre 2015 e 2016. No ano passado, foram 13.516 estudantes aprovados em vestibulares, sendo 5.795 em universidades públicas.

Em instituições privadas, 1.924 foram selecionados pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), que também usa como base as notas do Enem para conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação.

Estudante do 3º ano, Vitória da Silva, 17, que pretende estudar Engenharia Civil, defendeu a ideia. “A universidade pública é feita para o aluno que mais necessita. Quanto mais estudantes de escolas públicas estiverem ingressando em universidades públicas, mais igualitária nossa sociedade vai ser”.

Serviço

Quem poderá concorrer à bolsa

Quem: estudantes da rede estadual de ensino, que têm baixa renda, que ingressarem no ensino superior

Como: Para se candidatar à bolsa, o estudante deve ser membro de família beneficiária do Programa Bolsa Família e ter obtido média igual ou superior a 560 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Edital com mais informações sobre o processo seletivo ainda será divulgado

Curta e compartilhe:
1k

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará.
Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo.

Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226

Administrador:
Jonas Deison

Deixe uma resposta