Capitão Wagner e Férrer buscam apoio de Eunício e Tasso para 2016

Pré-candidatos à Prefeitura de Fortaleza pela oposição, os deputados Heitor Férrer (PDT) e Capitão Wagner (PR) buscam hoje apoio de Tasso Jereissati (PSDB) e Eunício Oliveira (PMDB) para suas candidaturas. Em entrevista, ambos avaliaram ser cedo para falar em chapas para o pleito, mas destacaram “diálogo próximo” com tucanos e peemedebistas.
Maiores partidos da oposição, PMDB, PSDB, PR e PSB – que deve ser novo abrigo de Heitor Férrer – discutem união da oposição em possível 2º turno, com Wagner e Férrer dados como candidatos certos. Com listas de pré-candidatos próprios, tucanos e peemedebistas ainda avaliam se formarão chapas ou pulverizarão a disputa, com candidaturas individuais.
Com pretensões de 1º turno em choque, os deputados tentam atrair aliados para suas candidaturas. “Nós conversamos com o Tasso, levamos esse convite, para que ele integre nossa chapa”, diz Férrer. Questionado sobre a receptividade do senador tucano ao convite, ele brinca: “Tasso é um homem que escuta muito, mas fala pouco”.

Já Wagner destacou que toda decisão sua é “discutida de perto” com PMDB e PSDB. “A gente vê abertura entre os partidos, por conta do trabalho que a gente fez na última eleição. Fomos fiéis no compromisso com o Tasso e Eunício sem querer nada em troca”, diz o deputado, que prega aliança com Férrer em eventual 2º turno com Roberto Cláudio (Pros).
Na eleição passada, o PR teve Roberto Pessoa como vice em chapa encabeçada por Eunício ao governo e Tasso ao Senado. Já o PSB cearense, que apoiou Aécio Neves (PSDB-MG) no 2º turno, é hoje presidido pelo mesmo Pessoa.

Com Informações do Jornal O Povo

Curta e compartilhe:
1k