Dilma mantém salário e avião oficial até julgamento do impeachment no Senado

Durante tempo que durar seu afastamento temporário, Dilma Rousseff (PT) poderá manter salário de R$27.841,2 mensais, uso do Palácio da Alvorada como residência oficial, segurança pessoal, assistência de saúde, avião e carro oficial, além de equipe a serviço de gabinete pessoal.
O anúncio foi feito pelo presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), logo após proclamação da decisão da Casa na manhã desta quinta-feira, 12. 
“A partir do recebimento desta intimação, está instaurado o processo de impedimento (…) por crime de responsabilidade. (…) Mantendo (Dilma Rousseff) durante esse período as prerrogativas do cargo relativas ao uso de residência oficial, segurança pessoal, assistência saúde, transporte aéreo e terrestre, remuneração e equipe a serviço do Gabinete pessoal da Presidência”, disse o senador. 
Caso ela venha a sofrer o impeachment, alguns direitos podem ser perdidos, como a possibilidade de concorrer a cargo público por pelo menos oito anos. Dilma, porém, continua tendo acesso a alguns privilégios. 
Com Informações do Jornal O Povo
Curta e compartilhe:
1k