Dra. Nardênia Costa | Aprenda a escolher a escova de dente ideal para seu filho

Toda criança adora ter uma escova dental com bichinhos ou com o seu personagem de desenho predileto não é mesmo? Apesar de ser uma ótima forma de motivar a escovação, muitos pais não sabem que muitas dessas escovas não se adequam a faixa etária de seus filhos. Cada fase da vida da criança os dentes sofrem alteração de estrutura, como o tamanho, por isso é preciso sempre estar trocando o modelo da escova, para facilitar a higienização. 

Perceba a diferença:
Nos primeiros meses e anos de vida quando os primeiros dentes surgem, é recomendável optar por uma escova-mordedor, o ideal é que ele seja um mordedor que estimule o desenvolvimento do bebê, como o tato, permitindo que ele segure o mordedor por conta própria.
As escovas infantis são recomendadas até os 6 anos, e são aquelas que apresentam cabeças pequenas e formatos anatômicos, com cerdas arredondadas e macias.
A escova juvenil entra em cena dos 7 aos 14 anos, mudando para um formato mais oval, o que faz com que as bochechas e gengivas sejam mais protegidas durante a escovação. As cerdas também merecem atenção, já que passam a ser supermacias ou extramacias.
A partir dos 15 anos de idade é que se começa a usar a escova de dente adulta, onde a escolhidas cerdas é o fator número 1, onde as favoritas e indicadas são as ultramacias.
Curta e compartilhe:
1k