Educação | Professores da Uece deflagram greve após assembleia geral

Professores da Universidade Estadual do Ceará (Uece) deflagraram greve por volta das 11h30min desta sexta-feira, 29, durante assembleia geral realizada no auditório da Reitoria da instituição. A paralisação foi aprovada por ampla maioria da categoria. Cerca de 100 docentes participaram do ato.
De acordo com o presidente do Sindicato dos docentes da Uece (Sinduece), Célio Coutinho, a paralisação terá início na próxima terça-feira, 3, atendendo ao prazo de 48h úteis após a decisão exigido pela legislação. Por volta das 13h, a notificação sobre a deflagração da greve foi encaminhada à Reitoria da Uece.

A categoria pede que o Governo do Estado cumpra acordos firmados no início de 2015, como nomeação de professores concursados, autorização da obra da Faculdade de Itapipoca e realização de concurso para servidor técnico-administrativo. Além disso, os professores reivindicam reajuste salarial de 12,67%, construção do prédio da Faculdade de Crateús, a implantação dos direitos dos professores (promoções, progressões e incentivo profissional) e revogação do corte de 20% no custeio.
A Uece foi notificada sobre a greve por volta das 18h. De acordo com o vice-reitor, Hildebrando Soares, a Reitoria e a Administração Superior vão se reunir na manhã da próxima segunda-feira, 2, para tratar sobre o assunto. Já pela tarde, por volta das 14h, representantes da direção da Universidade devem se reunir com integrantes do Sinduece para discutir e negociar a questão da deflagração.

Com Informações do O Povo

Curta e compartilhe:
1k