Greve dos professores das universidades federais no Ceará inicia dia 18 de agosto

O comando de greve será instalado após 48h úteis da Assembleia de desta quinta, no Pátio da Reitoria em Fortaleza e na UFCA na sede da ADUFC-Sindicato (FOTO: Divulgação/Adufc)
A Assembleia Geral Extraordinária realizada nesta quinta-feira (13), no Centro de Tecnologia da UFC, homologou o plebiscito sobre a greve ocorrido nos dias 11 e 12 de agosto nos centros e unidades acadêmicas da UFC, UFCA e Unilab, contabilizando 961 votos a favor da greve e 610 votos contrários.
O resultado homologado será enviado oficialmente, através da ADUFC – Sindicato, nesta sexta-feira (14), aos Reitores das universidades federais no Ceará (UFC, UFCA e UNILAB), anunciando a decisão da categoria e solicitando a convocação do Conselho Universitário, para que seja feita a suspensão imediata do calendário acadêmico. O comando de greve será instalado após 48h úteis da Assembleia de desta quinta, no Pátio da Reitoria em Fortaleza e na UFCA na sede da ADUFC-Sindicato, em Juazeiro do Norte, no dia 18 de agosto.
O presidente da ADUFC-Sindicato, Prof. Leonardo Monteiro, avalia que “a paralisação inicia em momento oportuno e é representativa porque apresenta o resultado de todo o processo, que contou com a participação massiva dos professores, tanto nas assembléias quanto no plebiscito.”
Curta e compartilhe:
1k