IFCE aprova mestrado em Educação Especial

O Instituto Federal do Ceará aprovou mais um projeto acadêmico de mestrado junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal em Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação. Desta vez, será o Programa de Mestrado Interinstitucional em Educação Especial (MINTER), ofertado para professores da instituição em convênio com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR).

O programa será de extrema relevância, uma vez que os dados do Censo Escolar têm demonstrado um crescimento expressivo em relação às matrículas de alunos com deficiência na educação básica regular. Assim, com a intenção de ampliar o quadro de formação de professores em educação especial, justifica-se o presente projeto pela qualificação dos professores do IFCE como pesquisadores que, por meio de atividades de investigação e de ensino, desenvolvam trabalhos de pesquisa, ensino e extensão, adquirindo autonomia científica para contribuir ainda mais na área de Educação Especial.

Hoje, o IFCE tem 24.758 alunos, dos quais 334 são autodeclarados deficientes, distribuídos nos 27 campi do instituto por todo estado do Ceará. Demonstra-se, assim, a necessidade por capacitação em nível de mestrado para os docentes, tendo em vista que 758 dos professores do IFCE ainda são especialistas.

Dessa forma, com vistas à expansão e consolidação da pesquisa e da pós-graduação do IFCE, por meio da qualificação do quadro de mestres na área de Educação Especial, a referida proposta de MINTER entre IFCE e UFSCAR contribuirá para o êxito nas ações das instituições participantes, bem como o desenvolvimento das atividades na área na região nordeste.

A maior parte das atividades relativas ao projeto de pós-graduação interinstitucional será realizada no campus de Quixadá. O IFCE garantirá a infraestrutura de ensino e pesquisa, o apoio administrativo do curso e a obtenção de financiamento necessário para viabilizar a execução do projeto, que tem a proposta de formar 10 mestres em Educação Especial.

Poderão participar da seleção para o curso servidores estáveis das diversas unidades de ensino do IFCE com formação nas mais diversas áreas e que se comprometam a, após o mestrado, engajar-se em pesquisas a fim de fortalecer a área nos respectivos campi.

Será criado um comitê de acompanhamento dos mestrandos do IFCE. Os professores integrantes do comitê periodicamente se reunirão com os mestrandos, para avaliar o andamento das pesquisas e auxiliar na solução de possíveis dificuldades.  A previsão é de que o programa comece suas atividades em 2017.

Curta e compartilhe:
1k

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta