Incorporaração | Anatel aprova venda da GVT para a Telefónica

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou com restrições a aquisição pela Telefônica Brasil da operadora de banda larga GVT, recomendando a assinatura de acordos em controle de concentração entre a autarquia e a Telefônica Brasil e também com a francesa Vivendi, antiga dona da GVT.
O aval consta em publicação no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18).
A Telefónica planeja incorporar a GVT à Vivo, sua marca de telefonia móvel no Brasil, para criar o maior grupo de telecomunicações do país.
O Cade também decidiu pela aprovação com restrições da operação para cindir a holding Telco, antigo veículo de participação de outras sociedades na Telecom Italia, dona da TIM. A Telco é detida pela espanhola Telefónica, Assicurazioni Generali, Intesa Sanpaolo eMediobanca.
Para esta operação, o Cade recomendou assinatura de acordo em controle de concentração com a espanhola Telefónica.
A exigência de saída da Telefónica do capital da controladora da TIM foi condição estabelecida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para aprovar a cisão da Telco.
Curta e compartilhe:
1k