Ivo Gomes critica nomeação de deputada contrária a casamento gay

O deputado estadual reeleito e titular da Secretaria de Cidades, Ivo Gomes, publicou no Facebook nesta sexta-feira, 6, uma crítica à nomeação da deputada do PMDB, Dra. Silvana Oliveira, à presidência da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, da Assembleia Legislativa do Ceará.
“Assembleia Legislativa do Ceará e o PMDB preparam-se para repetir a história. Terão um Marco Feliciano pra chamar de seu”, critica.
A revelação da indicação de Silvana foi confirmada nesta quinta-feira, 5, ao O POVO. Oficialmente, a nomeação será publicada na próxima terça-feira, 10.
A deputada, ligada a Igreja Assembleia de Deus, é conhecida por dar declarações polêmicas em suas participações na tribuna da Assembleia Legislativa. Como é o caso da afirmação “Deus não admite casamento gay, acabou com Sodoma por causa disso”, dita por ela em 2013, ao comentar o caso de um juiz que se recusou a realizar uma união homoafetiva.
Em sua declaração na rede social, Ivo Gomes completa “Numa demonstração de absoluto desprezo pela sua Comissão de Direitos Humanos, estão a caminho de entregá-la a uma parlamentar evangélica fundamentalista e homofóbica”.
Nota de repúdio
Alguns movimentos sociais e organizações da sociedade civil cearense de defesa de direitos humanos se mobilizaram em resposta à escolha da deputada Dra. Silvana Oliveira, divulgando nota de repúdio.
Em um trecho, a decisão é considerada negligência do Parlamento. “Isso representa uma violência política contra as populações que mais demandam a efetivação dos direitos como instrumentos para combater violências históricas. E mais, demonstra a total negligência do parlamento quanto aos direitos humanos, o bem comum, o estado laico e a democracia, que são princípios fundamentais da nossa Constituição Federal  e da Constituição do Estado do Ceará.


Com Informações do O POVO Online
Curta e compartilhe:
1k