Luto | Morre aos 89 anos o humorista Jorge Loredo, o Zé Bonitinho

O ator tinha 89 anos e estava internado desde fevereiro
Morreu na manhã desta quinta-feira, 26, o humorista Jorge Loredo, o Zé Bonitinho. Ele estava internado desde 3 de fevereiro no hospital São Lucas, no Rio de Janeiro. 

A causa da morte ainda não foi informada.

Carreira
Loredo começou nos anos 70 na Praça da Alegria. Apesar das dezenas de personagens, o ator ficou conhecido pelo Zé Bonitinho, que se popularizou no programa A Praça é Nossa. O comediante criou dezenas de bordões que ficaram populares no Brasil, como: “Garotas do meu Brasil varonil: vou dar a vocês um tostão da minha voz…!”; “Mulheres, atentem para o tilintar das minhas sobrancelhas”; “O chato não é ser bonito, o chato é ser gostoso”.
Desde 2000, quando o humorístico foi tirado do ar, as participações de Loredo na televisão se tornaram irregulares. O ator passou a atuar no cinema naciona. Em 2006, ele participou do curta-metragem “Quando o tempo cair”. Em 2003, atuou na peça infantil “Eu e meu guarda-chuva”. Em 2005, a diretora Susanna Lira lançou o documentário “Câmera, close!”, uma biografia do ator. 
Seu último trabalho no cinema foi em 2011, no filme “O Palhaço”, de Selton Mello. 
Curta e compartilhe:
1k