Onde onde surgiu a relação de Sobral com os Estados Unidos?

A cidade de Sobral, é referência político-econômica no interior do estado. Mas uma questão específica traz renome ao município: a relação com os Estados Unidos da América. A cidade por várias vezes importou para o sertão características do “American Way of Life”, o que lhe rendeu o apelido “United States of Sobral“.

De onde surgiu isso, que virou motivo de piada graças à molecagem cearense? Fizemos um resgate dessa história, confira!

As comparações começaram entre as décadas de 1950 e 1960, quando a prefeitura comprou ônibus escolares americanos usados, os tradicionais School Bus, de cor amarela. “Antes, o transporte escolar era feito em veículos improvisados, a maioria fora dos padrões de segurança, até que a prefeitura adquiriu uma frota de ônibus e micro-ônibus dos Estados Unidos, através de convênio com a fundação americana Cepai”, relembra o busólogo João Marcos, membro do blog FortalBus.

Nas décadas seguintes, outras iniciativas estreitaram laços com os Estados Unidos. Sobral instituiu aulas de inglês nas escolas do município, algo até então inovador para o ensino público, instalou o Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras e construiu um museu em memória da missão de cientistas ingleses e americanos que foram à cidade em 1919, para tentar comprovar a Teoria da Relatividade.

Para o professor e historiador cearense Airton de Farias, apesar das iniciativas, as referências com os Estados Unidos se fortaleceram mesmo no estado a partir da molecagem cearense. “Depois da chegada dos ônibus, as pessoas começaram a brincar, ironizar que Sobral era a nova América, e que eles queriam ser diferentes”, destaca.

O poder financeiro da elite sobralense estimulava as novidades, usando a ostentação como autoafirmação. Daí, uma ação acarretava em outra. Mesmo com as mudanças de gestão, até os anos 90 novos ônibus americanos foram comprados pela prefeitura, com direito a anúncio publicitário sobre as aquisições.

Ferreira Gomes

A influência norte-americana ficou mais evidente quando os irmãos Ciro e Cid Ferreira Gomes foram eleitos prefeitos de Sobral, a partir do fim dos anos 80, muito antes de se tornarem governadores e ministros. Foi de Cid a ideia de criar o Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras em um casarão onde funcionou o elegante Palace.

A intenção do político era de dar mais proficiência em inglês aos alunos das escolas públicas. Hoje, o prédio abriga um observatório astronômico. “Sobral é uma cidade de centro cultural e econômico importante no Estado. Então tudo aquilo foi um modo de copiar mesmo”, comenta Airton de Farias.

A identificação do povo sobralense com os Estados Unidos virou algo cultural. Segundo a jornalista Társylla Vasconcelos, natural de Sobral, os jovens que nascem e estudam no município são incentivados desde cedo a estudar inglês. “Assim que as crianças começam a ir para a escola, os pais já colocam os filhos em cursos de inglês para eles irem aprendendo. Isso já virou uma tradição que muitas pessoas do município seguem”, detalha.

Autoestima

Para o memorialista Nirez de Azevedo, a elevada autoestima da população local contribuiu para que as referências virassem motivo de piada em outras cidades. “Os sobralenses da época quiseram ser os maiorais. Então apelidaram a cidade e estabeleceram essas referências por causa sobretudo dos ônibus”, explica.

Além dos ônibus amarelos e do ensino de inglês universalizado nas escolas, o esporte reforçou as referências. Na esteira das importações, chegou a Sobral a prática do beisebol, esporte nascido nos Estados Unidos.

“O parque da cidade foi apelidado de Central Park”, relata Nirez. “Já que Sobral agora possui até metrô como forma de locomoção, bem que ele poderia se chamar ‘Subway’, para entrar no clima dessa brincadeira”, ironiza.

Apesar de tantas referências aos Estados Unidos, um dos principais pontos turísticos imita uma estrutura de Paris, na França. É o Arco do Trinfo, similar ao francês.

Curta e compartilhe:
1k

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta