Moradores denunciam o descaso no Parque Mucambinho em Sobral

Construção do Parque custou R$ 28 milhões (Foto: Jornal AZebra)

O Parque Mucambinho, que foi construído na gestão do ex-prefeito Leônidas Cristino, para ser mais uma área de lazer de Sobral, está totalmente abandonado pela administração municipal. A construção tinha como benefício maior a urbanização de cinco bairros, com início no bairro Tamarindo e término no bairro Dom José, próximo a fábrica de cimentos. Entre os benefícios podemos destacar a do Conjunto Habitacional Padre José Linhares e de um CRAS, no bairro Dom José.

Realidade
Passados quase seis anos de sua inauguração a história hoje é outra. Quando saímos do bairro Dom José para as proximidades da fábrica de cimentos, o que vemos é abandono e é um completo descaso por parte do Poder Público. O parque está tomado pelo mato, postes sem iluminação, calçamento destruído, lixo em vários locais, sem falar que nas proximidades foi construída uma escola que ainda não foi inaugurada.

Descaso com dinheiro público
O descaso com o local que já foi considerado uma das maiores obras da cidade incomoda os moradores. Depois de receber investimento de R$ 28 milhões para obras de urbanização, recuperação do canal do Mucambinho, ciclovias, equipamentos de lazer e outras melhorias, só se vê mato alto, entulho e lixo acumulado. 
Curta e compartilhe:
1k