Pintura que ‘privatizava’ vaga de carro em rua de Sobral é apagada

Pintura em vaga 'privatizada' foi apagada nesta sexta-feira (19) (Foto: Wellington Macêdo/Sobral Press)
A vaga de estacionamento ”reservada” por meio de uma pintura em uma rua de Sobral,  foi liberada nesta sexta-feira (19), após notificação do órgão de trânsito da cidade. O desenho com o número da placa do carro do motorista que resolveu ”privatizar” o espaço foi apagado.
Funcionário de empresária pinta número da placa de veículo destinado à vaga "privada" irregular (Foto: Welington Macedo/Sobralpress)

O empresário, que preferiu não ter o nome divulgado, contou que precisa deslocar a filha diariamente para o consultório da mulher e sempre encontra motos e outros carros estacionados no local. “Minha filha torceu o pé e inclusive está andando de cadeira de rodas e eu tenho que ajudar para colocá-la dentro do consultório para esperar a minha mulher e ir para casa. No domingo, estava meio estressado e mandei pintar a vaga, mas fui ingênuo e mandei colocar a vaga”, conta.
Ainda de acordo como o empresário, ele já foi notificado pela Coordenadoria de Trânsito e Transporte Urbano de Sobral e recebeu a orientação de pedir ao órgão uma autorização para identificar a frente do consultório médico de sua mulher como reservado para vagas de pessoas com deficiência. “Ela recebe muitos pacientes com problemas de mobilidade e por isso o local precisa mesmo ser identificado. Eu sei que a garagem é pública e a intenção não foi privatizar, mas apenas fazer uma vaga provisória”, justifica.
Órgão de trânsito divulgou nota

Em nota, a CTTU  informou que “A pintura ocupa o espaço público, simulando a existência de uma vaga de estacionamento privado”. Ainda segundo o órgão, o responsável pela “reserva” da vaga de estacionamento foi identificado e notificado por depredação do espaço público.
O Código de Trânsito Brasileiro determina que “é ilegal a destinação de estacionamento exclusivo para estabelecimentos empresariais nas calçadas ou vias públicas”. A CTTU da Prefeitura de Sobral reconhece a pouca oferta de vagas na área e realiza diariamente ações de fiscalização com objetivo de ordenar o tráfego.
Com Informações do G1
Curta e compartilhe:
1k