Radar agora está notificando quem passa com carro com licenciamento atrasado

Desde junho, quatro radares em Fortaleza estão, em fase de testes, identificando veículos com queixa de roubo, com denúncia de que foram usados em crimes ou com placas clonadas. Além disso, os equipamentos já estão notificando, em caráter educativo, proprietários de veículos com licenciamento atrasado. Desde então, mais de 32 mil motoristas receberam a notificação. 
Os novos radares eletrônicos, com três câmeras e tecnologia capaz de ler as placas dos automóveis e identificá-los, já estão em funcionamento na avenida Senador Carlos Jereissati (CE-401), em frente ao Aeroporto Internacional Pinto Martins, e na avenida Washington Soares (CE-040), próximo à rua Hermenegildo Sá Cavalcante.
A fase de testes segue até o fim de agosto. Passado esse período, explica o superintendente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), Igor Ponte, o órgão vai avaliar os resultados e definir como serão as próximas etapas. “Estamos encaminhando correspondência educativa, para que a pessoa tenha oportunidade de saber que precisa pagar o licenciamento, poder se regularizar e evitar contratempo numa blitz. Multa vai ficar para segundo plano”, argumenta o superintendente.
Não há definição de quando os motoristas com licenciamento atrasado flagrados pelos radares serão multados. Porém, já foi decidido que novos 115 radares que serão instalados até dezembro em todas as rodovias estaduais terão a tecnologia. Assim, somando com os já existentes, que serão adaptados, o Ceará terá 500 equipamentos em funcionamento com a capacidade de identificar infratores.
Curta e compartilhe:
1k