Restauração de altares e peças sacras da Igreja da Sé está na fase conclusiva

Há quase dois meses, a aposentada Maria das Dores Silveira, 65, passou a frequentar com mais assiduidade a Igreja Matriz deste Município no Norte do Ceará. Depois das preces habituais, às vezes, no fim de tarde, a senhora acompanha, com olhos atentos, uma tarefa iniciada há pouco mais de um ano e que deverá se estender, ainda, por todo o mês de novembro.

A obra de restauração da Catedral, resultado de convênio da Prefeitura com o Governo do Estado do Ceará, já entregou, finalizados, à comunidade católica, o Altar Mor, dois altares do Cruzeiro, mais dois das capelas laterais, imagens, forros, as portas de madeira e outras peças que compõem o acervo histórico e cultural da imponente edificação, destacada nas proximidades das margens do Rio Acaraú, um dos símbolos da criação da sede da cidade.

Estilo

Construída na antiga Fazenda Caiçara, entre os anos de 1778 e 1781, a Igreja, que compõe o roteiro pelo Centro Histórico da Cidade, possibilitou a unificação, em seu redor, de diversas moradias, o que colaborou para o povoamento da primeira Vila, de onde Sobral se formou. A Igreja da Sé, instalada na praça de mesmo nome, se ergue com sua fachada em forma de arco, de pedraria lavrada em Lioz, um tipo raro de calcário importado de Portugal. Em toda a sua estrutura, a Sé revela a força do Rococó, estilo artístico que surgiu na França como desdobramento do barroco, utilizado inicialmente em decoração de interiores, que se disseminou por toda a Europa.

Originalidade

No início das atividades, a equipe complementou os dados históricos sobre a igreja, com novas prospecções, pesquisas que deram profundidade à atividade de restauração, ajudando, não apenas a datar o material, mas a identificar e classificar suas características e relevância para todo o resgate histórico com fins de preservação.

Uma das descobertas, que vieram à tona por meio da cuidadosa pesquisa, foi a pouca presença de peças originais da decoração inicial do prédio. De acordo com Orlando Ramos Filho, consultor de restauro da obra, “dessa época, nós temos apenas alguns elementos em Lioz, que, primeiramente vieram de Portugal para outra igreja em Recife, mas não couberam naquele espaço. Aqui, se mantiveram em bom estado um portal, pias de água benta e um lavabo, que eu considero as peças mais bonitas da igreja em termos de decoração funcional”, disse.

Mudanças

A pesquisa, também identificou que, no fim do século XIX, importantes mudanças foram realizadas na estrutura física da igreja. O antigo Altar Mor da Sé foi substituído, completamente, pelo que permanece até hoje. Entre os anos de 1938 e 1941, sob determinação de dom José Tupinambá da Frota, primeiro bispo de Sobral, a obra, visando trazer mais imponência, iluminação e ventilação à estrutura, retirou tribunas, criou arcos e espalhou a cor branca por todos os altares.

Ainda, segundo Orlando Ramos Filho, à frente da restauração, “o que estamos fazendo aqui, é justamente resgatar esse colorido original, tão característico dos altares do século dezenove, que foi substituído”, afirma o restaurador, enquanto acompanha, de perto, o trabalho executado por Maria Cristina Mota, que se debruça, cuidadosamente, sobre um imenso painel com motivos sacros, para trazer à tona as cores reais da peça, encobertas pela ação do tempo. “Aqui, foi feito um reentelamento, por conta de furos que a obra apresentava; depois passamos para uma limpeza fina, para retirar o verniz que oxidava toda a tela; agora realizamos a reintegração cromática, para trazermos as cores que estavam encobertas pelo antigo verniz”, explica a restauradora.

Pesquisa

Sobre um andaime, de cerca de 15 metros de altura, o técnico em restauração Fernando José Borba, se desdobra para remover toda a pintura que encobria a estrutura original. De acordo com Borba, que, aos poucos vai distribuindo a cor dourada nos rodapés e outras partes de um dos cinco altares da Sé: “Apesar das alterações, ao longo dos anos, cerca de 80% da primeira estrutura foi mantida nesta parte da igreja. Isso é muito bom. Para mim, sempre é uma nova emoção poder trazer à tona, passo a passo, toda a arte que se esconde, às vezes, duas camadas abaixo do que conseguimos ver. Tudo isso é fruto de um aprofundado trabalho de pesquisa”.

Enquete

O que a restauração da Sé representa?

“Sou de Teresina, moro em Sobral há seis anos e frequento as missas na Catedral. Eu vejo o cuidado que a cidade tem com sua história. A busca pela originalidade mostra que é possível apresentar às novas gerações um pouco da antiga beleza da Sé”

Danilo Sampaio
Fonoaudiólogo

“A reforma nos traz o estilo barroco original da Sé. Tenho acompanhado esse resgate histórico sempre que posso. É interessante ver cada detalhe, cada particularidade das peças originais vir à tona, a cada dia. Aguardo com curiosidade o resultado”

Thiago Ribeiro
Enfermeiro

Curta e compartilhe:
1k

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará.
Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo.

Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226

Administrador:
Jonas Deison

Deixe uma resposta