RH | Como não ir bem numa entrevista de emprego

Com um emprego em jogo é fácil deixar a tensão falar por você e deixar escapar algumas palavras das quais você se arrepende. Mas existem alguns candidatos que passam dos limites. A seguir, confira algumas histórias de pessoas que acabaram com as próprias chances de conseguir o cargo.

1. Informação demais

A regra de ouro para entrevistas é: não minta. Brad Stultuz, coordenador do RH da Totally Promotional, lembra do candidato que foi honesto demais.

“Durante uma entrevista eu fiz a pergunta ‘Porque você quer trabalhar aqui?’, e o candidato respondeu, com toda a sinceridade, ‘Na verdade eu não quero. Eu só preciso de um trabalho e acho que por enquanto vocês servem’.” Mesmo que a sinceridade seja apreciada em qualquer lugar, ela deve vir acompanhada de um pouco de tática.

2. Corpo descontrolado

As vezes a natureza chama nas horas mais inoportunas. Gene Caballero, co-fundador do Greenpal, lembra de uma entrevista engraçada. “A coisa mais engraçada a acontecer numa entrevista foi quando um entrevistado teve gases durante a entrevista e permitiu que ele fosse liberado não uma, mas duas vezes” ele compartilha. “Todos os três administradores no cômodo deixaram a seriedade escapar da segunda vez, depois de ter ignorado a primeira. Foi muito estranho por um minuto, e depois uma das administradoras teve que sair da sala porque não conseguia parar de rir.”

3. Questões de família

Todo mundo sabe que a família é importante, mas eles não precisam se envolver nas suas entrevistas de emprego. Ben Histand nunca vai esquecer da mãe brava que entrou em contato com ele depois de uma entrevista. “Ela começou a nos repreender por não contratar a sua preciosa criança.” Fica a dica: Repreender estranhos é quase sempre uma má ideia, mas trazer a família para o meio da situação – principalmente em assuntos profissionais – só piora as coisas.

Curta e compartilhe:
1k

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta