Sobral recebe um espetáculo “Invocado que só” do Grupo Dona Zefinha

Música, literatura e teatro para contar –  e cantar – a música cearense. Foi a partir dessa premissa que a Dona Zefinha idealizou o espetáculo “Invocado que só”, que será apresentado no dia 29 de junho, às 20h, no Teatro São João, em Sobral. A apresentação vai contar com a participação de Zeca Filho (Procurando Kalu) e Gecilda Freire (Freud Explica).

Com um repertório que diverte e, ao mesmo tempo, propõe uma reflexão ao público, a banda aproxima o som do batuque à música de câmara, passando pelas contribuições do maestro Alberto Nepomuceno, em uma verdadeira homenagem à cultura musical do nosso Estado. “Invocado que só” é homônimo ao livro-CD “Invocado um jeito brasileiro de Ser musical”, de Flávio Paiva (Armazém da cultura – 2014), com ilustrações musicais de autores cearenses e gravações acústicas exclusivas de Dona Zefinha.

Assim como o livro e o espetáculo, o disco, que contou com a produção musical do músico e produtor paulistano André Magalhães, traz um relicário da diversidade musical cearense, organizado dentro do conceito de “música Invocada”, com sons que vão de Abdoral Jamarcaru, Neo Pinel, a Evaldo Gouveia, passando ainda por Luis Fidelis, Xerém, Petrúcio Maia, entre outros.

Intercâmbio e conexões

Orlângelo Legal, dramaturgo, diretor teatral, compositor e um dos fundadores da Dona Zefinha, explica que o intercâmbio com artistas locais foi essencial para o enriquecimento do “Invocado que Só”, a exemplo das turnês por onde o espetáculo já passou. “Prezamos muito por esses encontros com grandes artistas, pessoas que admiramos, pois agregam novas possibilidades, ideias e ampliam ainda mais as possibilidades, tanta para a banda, no que se refere à novas referências, quanto para o espetáculo em si.

Em agosto de 2015, por exemplo, durante a ocupação Elomar no Itaú Cultural (SP), a cantora e dançarina africana Fanta Konatê e a artista paulistana Suzana Salles participou de “Invocado que só”. Em Fortaleza, no Maloca do Dragão 2016, subiram ao palco o cantor e compositor Messias Holanda e Karine Alexandrino. Mais recentemente, no Festival Música na Ibiapaba, foi a vez da cantora Inês Mapurunga. Neste ano, Dona Zefinha se apresentou na Bienal Internacional do Livro do Ceará com presença de Neo Pineo e do autor do livro Flávio Paiva.

E em Sobral não será diferente. Na quinta-feira, o espetáculo contará com a participação Zeca Filho (Procurando Kalu) e Gecilda Freire (Freud Explica). Cada um deles vai cantar uma das músicas do show e, especialmente nesta apresentação, interpretam também duas músicas de Belchior.

O show “Invocado que só” conta com o apoio cultural do Governo do Estado do Ceará através da Secretaria da Cultura – X Edital de Incentivo as Artes/2015, parceria com a Prefeitura Municipal de Sobral e Armazém da Cultura. O espetáculo será exibido, ainda em 2017, nas cidades de Independência e Fortaleza.

Resultado de imagem para espetáculo “Invocado que só” do Grupo Dona Zefinha

Serviço – Espetáculo “Invocado que só”

Data – 29/06

Local – Teatro São João | Sobral – Ceará

Horário – 20h

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

 

Curta e compartilhe:
1k

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta