Votorantim Cimentos investe em ações de conscientização sobre o consumo consciente de água no Ceará

A Votorantim Cimentos, atenta ao cenário de escassez de recursos hídricos no Brasil, elegeu o tema para ser trabalhado nas comunidades próximas a suas fábricas no Nordeste, região historicamente afetada pela falta de água potável. Na semana de 4 a 8 de maio, serão realizadas ações de conscientização e sensibilização sobre o consumo consciente. Uma das prioridades é divulgar uma versão popular do redutor de vazão de torneira, uma ideia simples, mas que pode se tornar sinônimo de sustentabilidade e economia na conta de água.
O redutor de vazão tradicional é uma peça de fácil instalação e que pode diminuir entre 50% e 80% a quantidade de água que sai das torneiras. Pode ser encontrado em diferentes modelos e kits que custam entre R$ 15 e R$ 30, em média, por unidade. O dispositivo geralmente é constituído de anéis que controlam a quantidade de água na saída das torneiras de banheiros, cozinhas e tanques. Também adicionam ar à vazão do líquido, de forma a não prejudicar a eficiência. No mercado, é possível achar kits que permitem vazão entre 6 litros e 14 litros por minuto. A instalação é simples e não requer contratação de encanador.
Porém, o investimento pode ser um empecilho para os consumidores de baixa renda. Para resolver essa equação, Semíramis Tavares Pereira, analista de Meio Ambiente da fábrica da Votorantim Cimentos em Pecém (CE), aliou a vantagem da economia de água ao custo praticamente zero.
A solução encontrada foi a mais prática possível: adaptar as tampas de produtos de higiene e limpeza às torneiras. Deu certo. O resultado é uma redução que pode chegar aos 80%, ou seja, o mesmo nível de consumo dos dispositivos tradicionais. Com a imaginação, podem ser produzidos os mais diversos tipos de redutores, incluindo para as torneiras que têm bico rosqueado.
Em resumo, esse é o conceito do redutor de vazão popular, que ainda conta com o atrativo da reciclagem, permitindo que material plástico seja reutilizado ao invés de descartado. Quando o redutor se desgasta com o tempo, basta trocar. Em tempo de redes sociais, Semíramis aproveitou para registrar a experiência num vídeo e compartilhar com um maior número de pessoas.
Comprometida com a sustentabilidade em suas fábricas e na sociedade, a Votorantim Cimentos incluiu a iniciativa da Semíramis em seu programa corporativo de racionalização do consumo da Votorantim Cimentos e também do Programa de Voluntariado das empresas do Grupo Votorantim.
Curta e compartilhe:
1k