Acordo entre Governo do Ceará e Amazon cria 1º Centro de Transformação Digital do País

Um acordo entre o Governo do Estado e a Amazon Web Services (AWS), assinado nesta terça-feira (17), vai trazer para o Ceará o primeiro Centro de Competências para Transformação Digital do País, que deve oferecer capacitação para jovens nas áreas de educação, pesquisa, desenvolvimento e inovação, segundo o governador Camilo Santana.

A Amazon Web Services é uma plataforma de serviços de computação em nuvem, oferecida pela empresa Amazon, empresa multinacional de tecnologia norte-americana.

A criação do Centro também se alinha aos planos do Governo de digitalizar os serviços públicos estaduais até 2022.  “Queremos transformar o Ceará, até o final de 2022, num governo digital. Que os serviços da população sejam todos digitais, que o estado possa acelerar os seus processos de conectividade, de tecnologia, simplificando e melhorando a qualidade dos serviços”, ressaltou Santana.

O acordo foi assinado pelo governador, o gerente geral para setor público da Amazon na América do Sul, Paulo Cunha, e o presidente da Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice), Adalberto Pessoa, responsável por toda rede de fibra óptica do Estado.

O governo defende redução de estrutura com a transformação dos serviços públicos em digitais, e a segurança das informações, como destacou Adalberto Pessoa.

“Quando migramos pra nuvem, reduzimos a estrutura, tornamos mais leve a operação, mais segura e, além disso, faz com que o estado seja capaz de inovar. Não é como adquirir uma máquina e essa máquina ficar durante cinco, seis anos. Se daqui a seis meses houver lançamento de nova tecnologia, podemos, rapidamente, migrar, fazendo com que o estado esteja sempre pronto para inovar”, defendeu o presidente da Etice.

Executivo da Amazon na América do Sul, Paulo Cunha disse que o objetivo no que ele chamou de “primeira jornada” do Centro no Ceará é atingir mil cidadãos, sendo 700 deles estudantes, professores, funcionários públicos e cidadãos no geral.

“O Ceará, por ter foco numa política de governo digital e expandir isso também por uma sociedade onde conseguimos ter empresas, pesquisas, desenvolvimento e ensino, nos propiciou o ambiente perfeito pra que pudéssemos lançar em conjunto”, observou.

O governo ainda não repassou detalhes de estrutura do Centro de Competências para Transformação Digital, nem de como vai funcionar a parceria com a área da educação.

Acompanhando a assinatura do acordo, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará, Maia Junior, citou a possibilidade de novos projetos com a AWS.

“Estamos colocando o pé da Amazon, AWS, no Ceará, temos outros projetos pra anunciar em breve. O Ceará tá trazendo os grandes players do mundo da transformação digital para colaborar com esse projeto, que gera expectativas e esperança, sobretudo, pra juventude”, disse.

O Secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará, Inácio Arruda, destacou a importância de oportunidade para formação tecnológico dos jovens. “Muitos jovens precisam de formação tecnológica. A Amazon vai encontrar no Ceará uma base de gente de qualidade para colaborar dentro das universidades, dos laboratórios. Nós vamos ganhar muito com essa qualidade de jovens formados no Estado do Ceará”, pontuou.

Para o secretário de Planejamento e Gestão, Ronaldo Borges, também presente na consolidação do acordo, “é o primeiro passo para um projeto ousado de transformação digital”. Ele também falou em “novidades” que devem ser anunciadas no próximo mês, mas não deu detalhes.

fonte: diário do nordeste

- Advertisement -

Deixe uma resposta