Ambulantes são impedidos de trabalhar no calçadão da Praia de Iracema e alegam falta de aviso

Comerciantes na Praia de Iracema foram surpreendidos na tarde deste sábado, 16, logo após interdição de trecho da orla na Capital e instalação de gradis. O POVO presenciou funcionários da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) impedido o trabalho de ambulantes, que alegam não terem sido notificados sobre a proibição de venda no calçadão.

Um vendedor de 41 anos, que preferiu não se identificar, estranhou ter de tirar o material do calçadão. “Eles mandam notificação dizendo que não podemos abrir. Hoje, foi de surpresa. Não falaram nada. Na Praia dos Crush, todo mundo soube pela imprensa. Mas aqui, nós não rebemos notificação de nada.”

O comerciante afirma que perderá parte do material porque não terá onde armazená-lo. “Quando a fiscalização chega, temos que fechar tudo correndo. Vai embora cliente sem pagar. Só hoje um cliente deixou de pagar 50 reais. A fiscalização vem, a gente tem que tirar bem rápido como se nós tivesse cometendo um crime”, lamenta.

Fonte: Jornal O Povo

Deixe uma resposta