Anvisa aprova importação excepcional da Sputnik V e Covaxin

Os cinco diretores da Anvisa aprovaram na noite desta sexta-feira, 4, a autorização excepcional e temporária para importação e distribuição da vacina Sputnik V, um pleito dos governadores do Nordeste, inclusive o do Ceará. A Anvisa também aprovou a Covaxin, vacina indiana solicitada pelo Governo Federal. O placar em ambas as votações foi de 4×1. Foram quase nove horas ininterruptas de votação, que terminou 21h21min.

Primeiro a votar, o relator Alexandre Machado Campos votou favoravelmente aos pedidos. Ele defendeu que uso do imunizante seja inicialmente restrito, de modo que haja “capacidade para atendimento a eventos adversos imediatos”.

“Mesmo de forma excepcional e controlada, com ainda pequena quantidade de doses liberadas, a aprovação já representa um avanço para que tenhamos mais vacinas disponibilizadas à nossa população”, disse o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), em nota publicada nas redes.

Deixe uma resposta