Anvisa recebeu hoje o pedido de uso emergencial da CoronaVac

A Anvisa recebeu nesta sexta-feira (8.jan) o pedido de autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental da vacina Coronavac. O pedido foi enviado pelo Instituto Butantan, que no Brasil conduz os estudos da vacina desenvolvida pela empresa Sinovac. A meta da Anvisa é fazer a análise do uso emergencial em até 10 dias.

A Anvisa já iniciou  a triagem dos documentos presentes  na solicitação e da proposta de uso emergencial que o laboratório pretende fazer.

Em nota, a agência informou que as primeiras 24h serão utilizadas para fazer uma triagem do processo e checar se todos os documentos necessários estão disponíveis. Se houver informação importante faltando, a Anvisa pode pausar o prazo e solicitar as informações adicionais ao laboratório.

O Ministério da Saúde vai comprar 100 milhões de doses do imunizante chinês que é produzido pelo Instituto Butantan.

No Twitter, o Instituto informou logo cedo que a vacina já foi aprovada pela Comissão Nacional de Saúde da República Popular da China e que mais de 700.000 pessoas já foram vacinadas.

Fonte | SBT NEWS

Deixe uma resposta