Após nove meses de queda, acidentes de trânsito voltam a crescer no Ceará

Pela primeira vez em nove meses, o Ceará apresentou aumento (de  7,6%) na quantidade de acidentes em rodovias estaduais no mês de novembro em relação a 2019, saindo de 224 ocorrências para 241, segundo dados do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE). Desde fevereiro, o Estado contabilizava redução no número de acidentes, diminuição que se acentuou após o início da pandemia e o aumento de casos da Covid-19. 

Dentre as rodovias com maior registro de acidentes estão a CE 040 e 060, sendo mais comum ocorrerem colisões e capotamentos, segundo a PMCE. O órgão acrescenta ainda que também acontecem tombamentos, saída de pista, engavetamento, queda e atropelamento de pessoas e animais. 

O mês de janeiro teve aumento de 29,7% na quantidade de acidentes, saindo de 175 para 227. No entanto, a partir de fevereiro começou a ter quedas, diminuindo de 211 para 116, cerca de 21,3% de redução. Com a pandemia, a queda começou a apresentar valores maiores, 42,3% em março, saindo de 255 para 147 ocorrências; 67,6% em abril, 263 para 85, e 69,9% em maio, reduzindo de 219 para 66, maior diminuição do ano. 

Segundo o subcomandante do BPRE, major Arilson Alcântara, a PMCE vem intensificando a fiscalização nas rodovias estaduais a fim de reduzir os acidentes e mortes nas estradas. Para ele, a diminuição apresentada em 2020 está relacionada com a quantidade de fiscalização realizada.

Deixe uma resposta