Após ofender esposa de presidente da França, Bolsonaro diz que não a ofendeu

Após um seguidor postar um meme em que comparava as características físicas de Michelle Bolsonaro e a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, o perfil oficial do presidente no Facebook respondeu em tom de sarcasmo:
Após um seguidor postar um meme em que comparava as características físicas de Michelle Bolsonaro e a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, o perfil oficial do presidente no Facebook respondeu em tom de sarcasmo: “não humilha, cara”. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Após endossar comentário zombando da aparência física da primeira-dama da França, Brigitte Macron, o presidente do Brasil Jair Bolsonaro (PSL) disse que não a ofendeu. Ele ainda aproveitou a oportunidade para atacar também os jornalistas que o questionaram sobre o assunto nesta terça-feira, 27. “Realmente o jornalismo, vocês não merecem a consideração”, disse o brasileiro, abandonando a entrevista.

Antes, ele havia sugerido que os profissionais da imprensa estavam tentando levar as ofensas à aparência da francesa para o lado pessoal. “Não queiram levar para esse lado, que a questão pessoal e familiar eu não me meto. Eu sei porque falei para o cara não entrar nessa área”, disse.PUBLICIDADE

“kkkkkkk”

No fim de semana, um internauta publicou fotos comparando a aparência de Michelle Bolsonaro e Brigitte Macron. O apoiador do presidente comentou: “É inveja presidente do Macron pode crê”. Bolsonaro respondeu: “Não humilha, cara. kkkkkkk”. 

Já nesta terça-feira, o político brasileiro disse que, na verdade, repreendeu o seguidor para que ele não falasse “besteira”. “Eu não botei aquela foto. Alguém que botou a foto lá, e eu falei para ele não falar besteira”, disse. “Meu comentário eu falava para não insistir neste tipo de postagem”, acrescentou.

Questionado sobre as risadas no comentário, Bolsonaro abandonou a entrevista. 

“Um presidente à altura”

Ao comentar as ofensas sofridas pela esposa, Macron classificou as falas como “extremamente desrespeitosas”. “Penso que as mulheres brasileiras sentem vergonha ao ler isso, vindo de seu presidente, além das pessoas que esperam que ele represente bem seu país”, criticou o europeu. Ele ainda disse torcer pelo povo brasileiro. “Espero que tenham logo um presidente que se comporte à altura”, concluiu.

Antes de abandonar a entrevista, Bolsonaro não deu qualquer sinalização de que se desculparia com a primeira-dama francesa. Ele afirmou apenas que espera um pedido de desculpas de Macron por ter sido chamado de mentiroso. 

Na semana passada, o Palácio do Eliseu, sede do governo francês, declarou que “o presidente Bolsonaro decidiu não respeitar seus compromissos climáticos nem se comprometer com a biodiversidade”. “Dada a atitude do Brasil nas últimas semanas, o presidente da República (Macron) só pode constatar que o presidente Bolsonaro mentiu para ele na cúpula (do G20) de Osaka”, disse o Governo da França em nota. 

REDAÇÃO O POVO ONLINE

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta