Após se recuperar da Covid-19 e deixar a UTI da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, paciente distribui cartas para profissionais da saúde

“Anjos com asas invisíveis”, foi dessa forma que a paciente Renata Alves Lima, 36 anos, do município de Graça, classificou os profissionais da saúde que compõem a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Sobral para tratamento de pacientes com Covid-19. Renata deixou uma carta aberta para a UTI Covid I após receber alta nesta segunda-feira (03/08). Ela também distribuiu bilhetes com particularidades aos profissionais do setor.

No dia 25 de julho, a paciente deu entrada no Hospital com sintomas de Covid-19 . A realização de uma tomografia de tórax evidenciou acometimento pulmonar extenso. Renata foi internada na UTI Covid I, onde chegou a ficar com 80% dos pulmões comprometidos. A assistência da equipe multiprofissional da UTI proporcionou uma melhora no quadro de saúde da paciente.

“Fisioterapeutas que seguravam minha mão pacientemente para que eu me acalmasse e entendesse que não morreria sufocada ali. Profissionais que me deram a oportunidade de lutar de forma consciente sem ser entubada, que acreditaram que eu seria capaz e tudo isso me fortalecia um pouquinho a cada dia”, destacou Renata Alves, em carta enviada aos profissionais da UTI.

Após 10 dias internada, nesta segunda-feira (03/08), ela recebeu alta da UTI e agora recupera-se no Hospital Dom Walfrido. Durante a sua saída, Renata foi aplaudida pelos profissionais de saúde e também recebeu o carinho do esposo. Após se recuperar da Covid-19 e deixar a UTI da Santa Casa de ...

 

- Advertisement -

Deixe uma resposta