Auxílio Emergencial: confira calendário de pagamento para quem teve pedido negado

As pessoas que tiveram os pedidos pelo auxílio emergencial reavaliado em novembro já têm uma definição de data para recebimento do benefício. Nesta sexta (27), o Governo Federaldivulgou um calendário de pagamento para os pedidos que foram contestados.

Ao todo, 122  mil pessoas devem ser integradas ao programa para receber o auxílio. 

De acordo com o Ministério da Cidadania, os novos beneficiários receberão o crédito da primeira parcela de R$ 600 em poupança social digital a partir da próxima segunda-feira (30).


Os pagamentos se estenderão até o dia 12 de dezembro, seguindo a data de nascimento dos beneficiários. O Ministério ainda detalhou que o pagamento das outras 4 parcelas será feito entre os dias 13 e 29 de dezembro. 

Para consultar a situação pessoal referente ao benefício é preciso acessar o site do auxílio emergencial. null

Veja o calendário abaixo: 

Pagamento na poupança digital

Ciclo 5

  • 30 de novembro: 60,7 mil nascidos em janeiro a junho
  • 2 de dezembro: 10,6 mil nascidos em julho
  • 4 de dezembro: 10,5 mil nascidos em agosto
  • 6 de dezembro: 10,4 mil nascidos em setembro
  • 9 de dezembro: 10,3 mil nascidos em outubro 
  • 11 de dezembro: 9,7 mil nascidos em novembro
  • 12 de dezembro: 10 nascidos em dezembro

Ciclo 6

  • 13 de dezembro: 19,1 dezembro nascidos em janeiro e fevereiro
  • 14 de dezembro: 10,6 mil nascidos em março 
  • 16 de dezembro: 10,2 mil nascidos em abril
  • 17 de dezembro: 10,6 mil nascidos em maio
  • 18 de dezembro: 10,2 mil nascidos em junho
  • 20 dezembro: 21 mil nascidos em julho e agosto 
  • 21 dezembro: 10,4 mil nascidos em setembro 
  • 23 de dezembro: 10,3 mil nascidos em outubro
  • 28 de dezembro: 9,7 mil nascidos em novembro
  • 29 dezembro: 10 mil nascidos em dezembro

Saques em dinheiro

  • 19 de dezembro: 19,1 mil nascidos em janeiro e fevereiro
  • 4 de janeiro: 10,6 mil nascidos em março
  • 6 de janeiro: 10,2 mil nascidos em abril
  • 11 de janeiro: 10,6 mil nascidos em maio
  • 13 de janeiro: 10,2 mil nascidos em junho
  • 15 de janeiro: 10,6 mil nascidos em julho
  • 18 de janeiro: 10,5 mil nascidos em agosto
  • 20 de janeiro: 10,4 mil nascidos em setembro
  • 22 de janeiro: 9,7 mil nascidos em novembro
  • 27 de janeiro: 10 mil nascidos em dezembro

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta