Baleia Rossi se reúne com governador e deputados do Ceará em busca de apoio para eleição na Câmara

O candidato à presidência da Câmara pelo MDB, deputado Baleia Rossi, se reuniu em Fortaleza nesta quarta-feira (13) com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e 12 dos 22 deputados federais do estado. Rossi busca apoio para se eleger presidente do poder legislativo e tem apoio do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia, que também esteve presente.

Sem citar nomes, Rossi afirmou que sua eventual presidência traria mais independência à Câmara do que a vitória de Arthur Lira (PP-AL), deputado federal apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro na disputa.

“Foi essencial para superar esse ano difícil que tivemos, para garantir o salário em dia, para garantir os serviços essenciais, principalmente a saúde, e garantir o auxílio emergencial, não em R$ 200, como queria o Governo, mas em R$ 600, que foi uma conquista do parlamento”, afirmou Rossi.

“A Câmara independente consegue produzir muito mais do que uma Câmara submissa, que acaba sendo um cartório do que o executivo quer”, completou.

Invasão do Capitólio nos Estados Unidos

 

O candidato do MDB comentou também sobre a invasão do Congresso Americano, feita por apoiadores de Trump na sessão que iria certificar a vitória de Biden como presidente dos Estados Unidos.

“Vejo com muita preocupação o que o presidente Trump fez nos Estados Unidos, acho que é nítido que é uma preocupação de todo o mundo, é algo muito ruim, porque é um atentado à democracia e nós, enquanto deputados federais, não vamos permitir que isso aconteça no nosso país.”

Questionado sobre a possibilidade de abrir um processo de impeachment contra Bolsonaro, Rossi disse que não pode “abrir mão” de prerrogativas estabelecidas na Constituição.

“Esse é um tema que está na constituição, nós não podemos abrir mão de nenhuma prerrogativa do presidente da Câmara. Todos os instrumentos em defesa da democracia precisam ser respeitados e nós vamos agir de acordo com o que a Constituição prevê.”

Deixe uma resposta