Banco Central lança nova cédula de R$ 200 no dia 2 de setembro

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, disse ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a nota de R$ 200 será lançada na próxima quarta-feira, dia 2 de setembro. A informação foi prestada à ministra Cármen Lúcia, que pediu explicações ao BC sobre a nova nota, em ação ajuizada no Supremo pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). De acordo com o parecer enviado ao tribunal, cada bolo de mil notas vai custar R$ 325. O primeiro lote, de 20 milhões de cédulas, que custou R$ 6,5 milhões, deve ser entregue pela Casa da Moeda até quarta. Segundo o Banco Central, mais de sete milhões de notas já foram impressas; o contrato da Casa da Moeda com a instituição prevê a impressão de 450 milhões de notas.

Ainda segundo o Banco Central, como o real está desvalorizado em relação ao dólar, “não faz sentido dizer que a nova nota de 200 reais facilitará a lavagem de dinheiro”. A nova cédula valerá 39 dólares, “muito menor que os valores das maiores cédulas das principais moedas internacionais”.  De acordo com o parecer enviado ao STF, a inclusão ou retirada de cédulas de circulação “está longe de ser” um fator importante no combate à lavagem de dinheiro. Segundo o BC, a nova cédula será lançada para “permitir que os cidadãos possam, com segurança, escolher o meio que mais lhe convém para dispor de seus recursos”.

*Com informações da repórter Letícia Santini

- Advertisement -

Deixe uma resposta