Brasil tem queda de 37% no número de transplantes, aponta Ministério da Saúde

O número de transplantes de órgãos realizados no Brasil caiu 37% entre janeiro e julho deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Nos primeiros sete meses de 2019, foram feitos 16 mil transplantes, já em 2020 o número caiu para quase dez mil. De acordo com o Ministério da Saúde, a queda esta associada à pandemia da Covid-19. Apesar do número baixo, a coordenadora do Sistema Nacional de Transplantes, explica que o resultado foi bom quando comparado ao de outros países. Daniela Salomão destaca que o desafio pós-pandemia é retomar as doações.

O órgão mais transplantado neste ano, assim como no ano passado, foi o rim; já a maior queda foi nos transplantes de córnea. O Ministério da Saúde afirma que, até o momento, nenhum paciente transplantado se infectou pelo coronavírus. A pasta também lançou uma campanha pela doação de órgãos. O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, citou a importância da população conhecer do processo de doação. Atualmente, o Brasil tem o maior programa público de transplante de órgãos do mundo, responsável pelo financiamento de cerca de 95% dos transplantes no país. E em números absolutos, é o 2º maior transplantador do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini

- Advertisement -

Deixe uma resposta