Camilo diz que fala de Bolsonaro possui “tom golpista” e mostra “desprezo às leis e à Constituição”

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), publicou mensagem na tarde desta terça-feira, 7, feriado da Independência, para criticar o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na Avenida Paulista em ato pró-governo. O petista disse que o chefe do Executivo ressaltou “ameaças de tom golpista” e que o presidente mostra “desprezo às leis e à Constituição”.

Em discurso na avenida Paulista, o presidente subiu o tom contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), repetiu ameaças golpistas e desafiou investigações contra ele em curso na Justiça: “Digo aos canalhas que nunca serei preso”.

Mais cedo, o governador expressou o seu desejo de que o Brasil “tenha reforçados os ideais do respeito, da tolerância e da justiça social”, além de destacar a importância de uma democracia consolidada. Em um dia de muitas manifestações por todo o país, os governadores de estados do Nordeste também utilizaram as redes sociais para manifestarem apoio à democracia e à independência entre os poderes no Brasil.

Informações: O Povo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.