Ceará tem 524 mil títulos eleitorais cancelados por falta de revisão biométrica; veja como regularizar

O Ceará tem 524.237 títulos eleitorais cancelados em decorrência da falta de revisão biométrica, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esse quantitativo é decorrente a eleitores que não regularizaram o documento nos anos de 2019 e 2020. Apenas em Fortaleza soma são 102 mil eleitores com o documento cancelado.

De acordo com TSE, esse número, se deve porque os eleitores faltaram à revisão do eleitorado, ou se ausentaram às urnas sem justificativa em três eleições consecutivas.

Para resolver essa pendência e estar apto ao voto no pleito de 2024, os eleitores têm até 8 de maio do próximo ano para buscar atendimento.

Além de ficar impedido de votar, o cancelamento do documento pode trazer uma série de outras consequências para quem deixou de cumprir suas obrigações com a Justiça Eleitoral, tais como:

  • Impossibilidade de nomeação em cargo público
  • A não renovação de matrícula em instituições oficiais de ensino ou fiscalizadas pelo governo, entre outras situações.

O quantitativo de cidadão que tiveram seus títulos cancelados por ausência à revisão biométrica na recente operação do TSE está distribuído em 55 municípios.

Consulta da situação e regularização

  • Para consultar a situação diante da Justiça Eleitoral, o eleitor poderá acessar o site oficial do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE);
  • Ir à opção “Serviços Eleitorais – Situação Eleitoral”;
  • No portal, é possível ainda pagar multas;
  • Agendar atendimento presencial nas unidades do Tribunal, entre outros serviços;
  • No aplicativo e-Título, o cidadão pode também averiguar a regularidade ou a irregularidade de sua inscrição.

Mais informações podem ser acessadas por meio do Atendimento Virtual, no site do TRE, ou através do telefone 148.

Fonte: G1 CE

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.