“Cid tem a preferência”, diz Figueiredo sobre Senado

Com a defesa de Cid Gomes (PDT) de candidatura única ao Senado Federal pelo grupo do governador Camilo Santana (PT), o deputado federal André Figueiredo (PDT), que postulava vaga de senador, recuou e disse ontem ao que a “preferência” é do ex-governador.

“O Cid, evidentemente, tem a preferência de ser o candidato ao Senado. A lembrança ao meu nome é bondade dos companheiros de luta, de muitos anos de luta. Mas continuo na minha caminhada buscando reeleição a deputado federal”, disse durante ato de reinauguração da estátua de Leonel Brizola, na Travessa Crato, no Centro da Capital, na manhã de ontem.

A declaração do presidente estadual do PDT ocorre dias depois de Cid defender publicamente apenas uma candidatura ao Senado. A segunda, confirmada por interlocutores do Palácio da Abolição, seria reservada ao senador Eunício Oliveira (MDB), em uma aliança indireta. Figueiredo, no entanto, lembrou que a convenção estadual só deve ocorrer no dia 5 de agosto e que “daqui pra lá muita água vai rolar”.

ESTÁTUA de Leonel Brizola foi reinaugurada ontem no Centro de Fortaleza AURÉLIO ALVES
ESTÁTUA de Leonel Brizola foi reinaugurada ontem no Centro de Fortaleza AURÉLIO ALVES

Em questionamento feito pelo jornalista Eliomar de Lima, o deputado evitou comentar sobre Eunício, que deve sair candidato à reeleição em nome do governo. O emedebista, inclusive, tem defendido, indiretamente, o nome de Ciro Gomes (PDT) para a Presidência da República. No evento, Figueiredo voltou a afirmar que o PSB é prioridade na aliança com Ciro para a chapa presidencial. Ele se mostrou satisfeito com a declaração do ex-prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), que afirmou que o partido está mais próximo de fechar com o PDT do que com o PT. “Márcio Lacerda é amigo do Ciro. Os companheiros do PSB (na Câmara dos Deputados) em quase totalidade há o desejo de compor com o Ciro, e Márcio Lacerda seria um vice muito bom para o Ciro”, reforçou o dirigente do PDT no Ceará.

André, por outro lado, destacou que a aliança com o PSB “não afasta a possibilidade de compor com partidos de centro”. “Para o Ciro ganhar a eleição e governar, sabemos que temos que compor, mas sem abrir mão dos princípios”, afirmou.

Além de Figueiredo, estiveram presentes no ato de homenagem a Brizola o vereador Iraguassu Filho (PDT), o ex-vice-prefeito de Fortaleza, Carlos Veneranda, e militantes do PDT. O evento contou com discursos a favor de Ciro e em defesa da agenda progressista. A estátua havia sido entregue à Cidade em junho do ano passado, mas teve um dos braços furtados. O monumento passou por restauro para o ato político.

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta