Ciro Gomes critica partidos de esquerda por faltarem à posse de Bolsonaro

O candidato derrotado à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), criticou nesta terça-feira, 1º, a não participação dos partidos de esquerda como o PT, PCdoB e Psol na posse de Jair Bolsonaro (PSL). A declaração foi dada durante a posse do governador Camilo Santana (PT) para o segundo mandato no Ceará.

Ciro considera errada a atitude das siglas de esquerda da posse de Bolsonaro. “É do rito democrático respeitar a vitória do eleito, guardar suas contradições para enfrentamento na oposição”, avalia. Para ele, isso pode repetir o gesto do senador Aécio Neves (PSDB), quando perdeu a eleição para Dilma Rousseff (PT) em 2014.

Assista à posse de Bolsonaro:

O pedetista critica o PT e ainda é mais enfático, argumentando que acha “uma infantilidade, mais uma aberração dessa burocracia corrompida do PT e é um desastre”. Ele acha também que o partido não vai fazer uma autocritica como o senador eleito Cid Gomes (PDT), pediu para o partido realizar.

Assista à posse de Camilo:

 

Ele também comunicou que não vai comparecer na cerimônia do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em Brasília, pois não foi convidado.

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta