Começa destruição das casas indenizadas pela construtora do VLT

O Metrô de superfície, o nosso VLT , começa mexer na parte crucial da
obra. As várias residências que ficam no cruzamento que dá inicio á
Avenida John Sanford, após os trilhos da Reffsa, começam a serem
demolidas. Soube que as indenizações foram bem “pagas com valores bem
avaliadas financeiramente.”

O triste dessa história é saber que antigos moradores que ali residiam estão “adoentados de saudades”.
Muitos criaram seus filhos naquelas casas durante mais de 50 anos, e
por conta do “progresso” tiveram que saírem as pressas por conta das
obras do VLT.

É o preço que nós pagamos pelo progresso…

 Jonas Deison (Sobral Online),  Com informações de Bené Barbosa