Deputados autorizam compra de 5,8 milhões de doses da vacina russa Sputnik V pelo Governo do Ceará

Assembleia Legislativa do Ceará aprovou, nesta terça-feira (16), em sessão virtual, projeto de lei que autoriza o Governo do Estado a adquirir 5,8 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19.

A compra de imunizantes contra a Covid-19 por estados e municípios foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no mês passado, em caso de descumprimento do Plano Nacional de Imunização (PNI) e de insuficência de vacinas para a população brasileira. 

Vacina russa

A compra da vacina russa foi formalizada pelo consórcio dos nove governadores do Nordeste. O grupo fechou um contrato com o Fundo Soberano Russo para a aquisição direta de 37 milhões de doses e o Ceará ficaria com 5,87 milhões, quantitativo dividido em quatro lotes.

A expectativa do Governo do Estado é de que os primeiros lotes da vacina, quando tiver uso aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), cheguem ainda no primeiro semestre deste ano ao Ceará.

O imunizante ainda não tem aprovação da Anvisa. De acordo com o Governo do Estado, autoridades da Agência se comprometeram a aprovar em sete dias úteis a documentação solicitada ao Fundo Soberano Russo para dar continuidade à análise do uso emergencial.

Após diálogo com os governadores nordestinos, ficou acordado que o lote de vacinas vai integrar o Plano Nacional de Imunização (PNI) para que sejam distribuidas a todo o País, obedecendo a proporcionalidade dos estados.  

Enquanto isso, o Ceará deve receber, nesta quarta (17), o nono carregamento de 180 mil doses do imunizante da CoronaVac/Instituto Butantan. O último volume entregue ao Estado chegou no dia 10 de março, com 109.800 doses da CoronaVac/Instituto Butantan.

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta