Dom Vasconcelos recebe última versão do roteiro do filme “José, bispo de Sobral”

Em reunião com o professor do curso de Ciências Sociais da UVA (Universidade Estadual Vale do Acaraú), Marcus Flávio Alexandre da Silva, idealizador do projeto que busca produzir o filme: “José, bispo de Sobral”, e com o pesquisador e roteirista José Antônio Sousa Oliveira, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, autorizou a continuidade do projeto, convidando para acompanhar e assessorar o desenvolvimento, José Luiz Lira, atual diretor do Museu Diocesano Dom José.

De acordo com Marcus Flávio, foram dois anos e meio de pesquisa bibliográfica para a construção do roteiro: “Fase da pesquisa bibliográfica, que foi mais em fontes secundárias, baseadas em informações documentais. Essa fase teve também a fase das fontes primárias; documentos oficiais que foram pesquisados. Esse trabalho é resultado de depoimentos, com pessoas que conheceram e conviveram com Dom José, além de depoimentos, realizamos entrevistas, outra técnica de pesquisa”, ressalta.

O projeto surgiu no dia 21 de junho de 2010. De acordo com o idealizador: “Foi subsidiado pelo IAD (Instituto de Apoio e Desenvolvimento) da UVA, através de um projeto de pesquisa criado por mim. Depois foi subsidiado pelo IDJ (Instituto Dom José), e por último, atualmente o projeto pertence à diocese de Sobral, que custeia passagens, hospedagem e alimentação da equipe de pesquisa e roteirização do filme”, afirma ele.

O próximo passo do trabalho vai ser a finalização do roteiro de longa-metragem do filme de época ficcional, chamado “José, bispo de Sobral”, bem como a análise técnica (orçamento) do roteiro por meio da produtora ‘Cabeça de Cuia Produtora de Filmes e Vídeos’, localizada em Fortaleza. Depois do orçamento, outra reunião será necessária para apresentar o orçamento e submeter o projeto a leis de incentivo estaduais e federais, bem como patrocinadores interessados na produção do filme.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui