Elmano anuncia a convocação de 426 novos PMs para curso de formação

Lista com os convocados será publicada ainda nesta segunda-feira, 24, no Diário Oficial do Estado. Medida faz parte do pacote de ações para reforçar a segurança no Ceará

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o governador do Ceará Elmano de Freitas (PT) anunciou, nesta segunda-feira, 24, a convocação de 426 novos policiais militares para o início do curso de formação na Academia Estadual da Segurança Pública (AESP).O anúncio é parte do pacote de medidas de reforço às operações de segurança pública, que está sendo formatado pelo governo estadual ante a onda de violência registrada no Ceará.

De acordo com Elmano, a lista de convocação será publicada ainda nesta segunda-feira no Diário Oficial do Estado (DOE), em edição extra, e, posteriormente, publicada na página da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS).

“Isso é muito importante para nós continuarmos fortalecendo […] Nesse momento, nós já começamos a colocar nas ruas 1.100 homens. Na última sexta-feira, já apresentamos na Igreja de Messejana. Nesta semana, novamente, nós vamos apresentar mais de 400 policiais e esses 426 são a mais”, disse.

Além da convocação dos novos PMs, o governador informou que está determinando que a empresa responsável pela organização do concurso conclua a fase de avaliação dos exames médicos, para que o Estado possa convocar mais 400 candidatos.

Ainda segundo Elmano, 428 policiais civis deverão ser empossados nesta quarta-feira, 26. Na próxima segunda-feira, 1º, 80 novos peritos forenses também tomarão posse no cargo.

A live foi realizada no Palácio da Abolição com a presença do novo titular da SSPDS, Roberto Sá, e do comandante-geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Klênio Savyo.

“Estamos chamando quase 2.700 profissionais para fortalecer as forças de segurança no Estado do Ceará”, pontuou Elmano. “Iremos até o fim no enfrentamento aos grupos criminosos.”

Convocações de agentes de segurança pelo Estado

  • 160 alunos PMs oficiais
  • 1.185 soldados PMs em formação (85 sub judice)
  • 426 PMs convocados nesta segunda, 24/6, para início de formação
  • 428 policiais civis (posse prevista para dia 26/6)
  • 83 peritos forenses (posse prevista para 1º/7)
  • 400 PMs – convocação prevista para formação (citada pelo governador)
  • Total: 2.682 profissionais

Fonte: Casa Civil do Governo do Estado

Reuniões têm sido permanentes após onda de violência

O anúncio das medidas veio após o fim de semana de reuniões permanentes realizadas pelo governador com gestores da segurança pública do Estado, incluindo a área da administração penitenciária.

Na sexta-feira, 21, havia sido realizada a primeira reunião do Comitê Estratégico Integrado de Segurança Pública do Ceará (Cosei), também com a presença de representantes de órgãos do Judiciário e do Legislativo.

Os encontros foram para avaliar o cenário de violência no Estado após alta de homicídios registrada entre a noite de sexta e madrugada de sábado.

Na madrugada da última quinta-feira, 20, uma chacina foi registrada no município de Viçosa do Ceará, a 360,5 quilômetros de Fortaleza. Oito pessoas foram mortas por disparos de arma de fogo em uma praça localizada no Centro da cidade.

Já na noite da sexta-feira, 21, uma tentativa de chacina ocorreu em Fortaleza, em uma Areninha localizada no bairro Barroso. Um menino de 10 anos e uma mulher morreram.

Outras crianças e adolescentes foram atingidos pelos tiros e encaminhados ao Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF). Nesse domingo, o prefeito José Sarto (PDT) informou que três vítimas receberam alta e outras cinco seguem em acompanhamento na unidade hospitalar.

Entre a sexta e o sábado, foram registrados 18 homicídios em todo o Estado: oito na Capital, cinco na Região Metropolitana e cinco no Interior.

“Nós iremos até o fim no enfrentamento dos grupos criminosos no estado do Ceará e fortalecendo cada vez mais as nossas forças de segurança”, finalizou o governador na transmissão.

Fonte: O Povo Online

Fonte: O Povo Online

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.