Evento do Sebrae sobre empreendedorismo feminino orienta mulheres a gerir o próprio negócio

“Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas” é o 5º dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Garantir às mulheres formas de atingir oportunidades semelhantes às dos homens passa também por capacitá-las para empreender e alcançar a própria independência financeira. Ao realizar o evento “Mulheres que Movimentam”, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae-CE) contribui também com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, um apelo global à ação para acabar com a pobreza, entre outras metas mundiais previstas para 2030.

O evento gratuito e on-line será realizado nos dias 14 e 15 de outubro. A iniciativa conta com cerca de 14 horas de conteúdo distribuído em três palestras, cinco painéis com histórias de sucesso e cinco oficinas que abordam as mais diversas temáticas. O intuito é fortalecer, inspirar e impactar as participantes por meio da troca de experiências. As inscrições podem ser feitas até 13 de outubro.

 

Legenda: Articuladora do Sebrae-CE, Wandrey Pires reforça a importância do protagonismo feminino para a economia.
Foto: Arquivo pessoal

“Nós somos 52% da população brasileira, mas representamos apenas 13% das que assumem cargos de destaque nas maiores empresas do país”, ressalta Wandrey Pires, articuladora regional do Sebrae-CE que atua na região do Jaguaribe. Segundo a pesquisa Panorama Mulher – A presença das Mulheres na Liderança das Empresas, apenas 13% das 415 companhias com cargos de presidente que responderam ao levantamento em 2019 têm mulheres ocupando essa função. A pesquisa é feita pela Talenses em parceria com o Insper e o apoio institucional da ONU Mulheres.

O evento realizado pelo Sebrae-CE pretende ampliar as oportunidades para mulheres que atuam nos setores rural, comercial, industrial e de serviços. O foco é colaborar com o fortalecimento e com a sustentabilidade dos negócios das que se classificam como microempreendedoras individuais (MEI), microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP), além de produtoras rurais ou mulheres com potencial empreendedor.

Inspiração para empreender

Pedagoga com especialização em Gestão de Pessoas, Wandrey Pires destaca a relevância do “Mulheres que Movimentam” para difundir histórias de sucesso de “mulheres inspiradoras, que equilibram múltiplos papéis assumidos ao longo do dia e que também vivenciam questões relacionadas ao ser feminino na sociedade”. Estão previstas palestras sobre temas como “Pequenos Negócios – Desafios e Estratégias para Superar a Crise” e “Quem é este consumidor? Como os negócios poderão se adequar às novas demandas?”. Também estão previstos painéis sobre assuntos como “Quebrando Tabus – Lugar de Mulher é Aonde Ela Quer” e “Empreendedorismo – Negócios Disruptivos”.

As trajetórias de mulheres empreendedoras serão contadas por empresárias que atuam em diversas áreas. “O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios identificou, selecionou e premiou relatos de vida de mulheres empreendedoras de todo o país, as quais transformaram seus sonhos em realidade e cuja história de vida hoje é exemplo para outras que possuem o mesmo sonho”, conta Wandrey Pires.

Uma das palestrantes é a Diretora de Gente e Impacto Social da C. Rolim Engenharia, Ticiana Rolim, que fala sobre Empreendedorismo de Impacto Social. “Acredito que o empreendedorismo na vida das mulheres é um importante instrumento para que elas possam ser livres e felizes, além disso sabemos que recursos geridos por mulheres são mais bem investidos na família, gerando mais oportunidade para os filhos, por isso acreditamos que o empreendedorismo feminino pode transformar a nossa sociedade”, destaca Ticiana Rolim, também fundadora do movimento Somos Um.

A empresária ressalta que o evento do Sebrae-CE tem uma “importância enorme” para inspirar outras mulheres, mostrando que é possível empreender e que há modelos diferentes de fazer. “Muitas mulheres precisam só da oportunidade e de capacitação, então ofertando isso a gente pode ter uma mudança incrível na sociedade”, avalia a empresária.

Para Ticiana Rolim, as mulheres brasileiras precisam de mais oportunidades no mercado privado e também mais políticas públicas destinadas a elas. “Precisamos de mais políticas públicas voltadas para o empreendedorismo feminino e acreditar que é possível fazer a transformação a partir dessa mulher empreendedora, que muitas vezes empreende na sua própria casa porque tem que cuidar dos filhos”, avalia com base na experiência recente da Trilha Florescer no Grande Bom Jardim. O projeto capacita empreendedoras e comercializa peças produzidas por artistas, artesãs e costureiras.

Disparidades de gênero

Dados recentes mostram que ainda há disparidades em relação à participação dos homens e das mulheres em relação aos negócios mais bem-sucedidos no Brasil. Em 2019, segundo o programa de pesquisa Global Entrepreneurship Monitor(GEM), ainda havia predominância masculina entre empreendedores estabelecidos no país. Os homens são 56,5% dos que administram e são proprietários de um negócio tido como consolidado (que pagou salários, pró-labores ou qualquer outra forma de remuneração aos proprietários por um período superior a três anos e meio). Entretanto, entre empreendedores iniciais, cujos negócios existem e garantem remuneração há menos de três anos e meio, o percentual de mulheres e homens é paritário (50%/ 50%).

A articuladora regional do Sebrae, Wandrey Pires, reforça que o contexto brasileiro demonstra a importância do incentivo às mulheres no mercado de trabalho. “O empreendedorismo feminino nunca esteve tão em evidência. A presença da mulher de forma participativa atuando em diversas esferas da sociedade tem nos últimos anos oportunizado a discussão sobre a importância deste protagonismo para a economia”, ressalta.

Serviço: As inscrições para o “Mulheres que Movimentam” são gratuitas e estão abertas até o dia 13 de outubro em https://www.mulheresquemovimentam.com.br/.
A programação completa das palestras, conversas e oficinas está disponível no mesmo site.

- Advertisement -

Deixe uma resposta