Facebook considera ter botão de ‘não curtir’, diz Zuckerberg

Botão de "não curti" é o mais pedido por usuários, mas pode não agradar anunciantes (Foto: BBC)
O Facebook está considerando adicionar um botão de “não curti” às atualizações da rede social, de acordo com seu fundador, Mark Zuckerberg.

Falando em uma sessão de perguntas e respostas na sede do Facebook, na Califórnia, ele disse que essa é uma das funções mais pedidas pelos usuários do site.

No entanto, Zuckerberg afirmou que a empresa está tentando encontrar uma maneira de fazer com que a ferramenta não se torne uma maneira de humilhar os autores dos posts.De acordo com números do próprio Facebook, 4,5 bilhões de “curtidas” são feitas todos os dias.

“Uma das coisas nas quais viemos pensando há algum tempo é qual seria a maneira correta de fazer com que as pessoas possam expressar mais emoções facilmente”, afirmou Zuckerberg.

“Muitas vezes as pessoas compartilham momentos tristes de suas vidas no Facebook. Frequentemente elas nos dizem que não se sentem confortáveis apertando o botão “curtir” em posts tristes dos outros, porque esse não é o sentimento apropriado para aquela notícia.”Segundo o CEO, usuários da rede social pedem o novo botão “porque querem dizer ‘isso não é bom, isso não é algo que achamos que é bom para o mundo”.