Facebook contratará 3 mil pessoas para filtrar conteúdos violentos

Mark Zuckerberg usou sua página no Facebook para anunciar que contratará 3 mil pessoas para filtrar conteúdos violentos publicados no Facebook. A iniciativa, que visa acelerar a remoção desses vídeos, foi tomada após a divulgação de suicídios e assassinatos na plataforma. “Para construir uma comunidade segura temos que reagir rapidamente, responder rapidamente a alguém que precisa de ajuda ou eliminando uma publicação”, escreveu o criador da rede social. A decisão acontece uma semana depois de um tailandês exibir a morte de sua filha de 11 meses em uma transmissão ao vivo e depois se suicidar diante das câmeras. O vídeo teve 370 mil visualizações e ficou no ar durante 24 horas.