Governo da Indonésia deporta repórter e cinegrafista de Rede Globo

Depois das notícias sobre a execução do brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, a Indonésia volta a ser assunto no Brasil com a deportação do repórter Márcio Gomes, da Globo, e um cinegrafista. 
De acordo com informação da UOL, o jornalista estava no país para acompanhar a execução do brasileiro e ele chegou a ser detido no sábado (17) na cidade de Cilacap. A dupla foi liberada depois, mas os passaportes ficaram retidos.
O jornalista entrou no país com visto de turista.
Ontem, segundo a Globo, Gomes e o cinegrafista foram transportados para a capital, Jacarta, pela polícia –o acompanhamento foi necessário por estarem sem passaporte. Lá, aguardariam em um hotel o voo para Tóquio (Japão), onde Gomes atua como correspondente.

Com Informações do UOL