Governo venezuelano condena a polarização política após atos pró-Trump

O governo da Venezuela, comandado pelo atual presidente Nicolás Maduro, expressou sua preocupação em nota oficial após os ataques pró-Trump ocorridos durante a invasão ao Capitólio, em Washington (EUA), nesta quarta-feira (6.jan).

A nota condena a polarização política e diz “Os EUA padecem do mesmo que geraram em outros países”O comunicado foi divulgado por Jorge Arreaza, ministro das Relações Exteriores da Venezuela.

Atos pró-Trump

Centenas de manifestantes favoráveis ao presidente Donald Trump entraram em confronto com a polícia em frente ao Congresso americano nesta terça-feira (6.jan), dia em que parlamentares confirmarão o resultado das eleições vencidas pelo democrata Joe Biden.

Os apoiadores de Trump foram incentivados pelo próprio atual presidente dos EUA, que não reconhece sua derrota nas urnas.Ele diz que o processo eleitoral foi fraudado. Mais cedo, ele disse a uma multidão:

“Nós nunca vamos desistir, nunca vamos admitir”, disse Trump aos apoiadores no Ellipse, parque perto da Casa Branca. “Nós vamos parar com o roubo [das eleições]”.

Com informações de SBT NEWS

Deixe uma resposta