Homem suspeito de participar de homicídio é preso pela Polícia Civil em Sobral

O Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Regional de Sobral, prendeu, nessa terça-feira (16), por força de um mandado de prisão preventiva, um homem suspeito de cometer um homicídio registrado no ano passado, em Sobral – Área Integrada de Segurança 14 ( AIS 14) do Estado. Um primeiro alvo das investigações já havia sido identificado e preso pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), em Itaitinga (AIS 12).

Francisco Walisson dos Santos Oliveira (22), conhecido por “Orelha”, com antecedentes criminais por homicídio, lesão corporal e tráfico de drogas, foi capturado após um trabalho investigativo que o apontavam como um dos executores de um homicídio que vitimou uma mulher de 56 anos, no dia 11 de novembro do ano passado. Na ocasião, a vítima, que tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, foi atingida por disparos de arma de fogo em via pública.

Segundo informações apuradas no dia do crime, a mulher chegou a fugir da ação criminosa, mas veio a óbito dentro de sua residência, local onde ela tentou se desvencilhar dos disparos. Deste modo, com base nos dados investigativos, os policiais civis chegaram ao nome de Walisson que foi identificado e conduzido à Delegacia Regional de Sobral. Na unidade, o mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio em desfavor dele foi cumprido.

Outras prisões

Na última semana, a PCCE deu cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de Wesley Henrix Pereira Alves (28), vulgo “WY”, com antecedentes criminais por roubo e crime contra a fé pública. Wesley Henrix, que já se encontrava no sistema prisional respondendo por outro crime, é apontado como um dos suspeitos de atirar contra a mulher. Deste modo, agora, ambos estão à disposição da Justiça.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais na região. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou ainda para o número (88) 99261-3471, que é o WhatsApp do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) de Sobral, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: sspds.ce

Deixe uma resposta