Idosa exclui filhos e deixa herança de R$ 13 milhões para seus pets

Uma idosa de Xangai, na China, deixou a herança de 20 milhões de yuan chinês (o equivalente a cerca R$ 13,7 milhões) para seus cães e gatos. Liu, como foi identificada, decidiu excluir os três filhos do testamento, alegando que eles nunca a visitaram e que seus pets foram seu único conforto na velhice.

De acordo com uma reportagem do The South China Morning Post, a fortuna de Liu deve ser usada para cuidar de seus pets e de qualquer um de seus descendentes. Uma clínica veterinária local também foi nomeada como administradora dos bens e encarregada de cuidar dos animais.

A chinesa queria mesmo era deixar toda a herança para os pets, entretanto, isso não é permitido na China. Ela, então, nomeou a clínica para tomar conta dos bichos.

Segundo informações do jornal Qilu Evening News, a clínica pode ser responsabilizada legalmente se a herança não for usada para o propósito determinado pelo testamento.

Fonte: Metrópoles

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.