Igreja São Francisco de Assis tem paredes pichadas em Cruz; padre é ameaçado

As paredes e estátuas da Igreja São Francisco de Assis, no Centro da cidade de Cruz, interior do Ceará, amanheceram pichadas com frases de ameaças e siglas de facções nesta quarta-feira (9). Há uma semana, a igreja foi invadida e furtada. O padre foi ameaçado de morte nas mensagens.

De acordo com a secretária paroquial, Roseli Santos, ao abrir a igreja nesta manhã, o sacristão se deparou com as pichações. Ainda segundo Roseli, a igreja havia recebido pintura e reparos internos recentemente para a 136ª festa de São Francisco, que acontece em 24 de setembro.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que Delegacia Municipal de Cruz investiga o caso e que a Polícia Militar do Ceará (PMCE) também realiza buscas em toda região, com o intuito de identificar os suspeitos de praticarem o crime.

Altar da igreja São Francisco de Assis, em Cruz, foi pichado com ameaça a padre. — Foto: Divulgação

As pichações trazem ameaças de morte, ofensas pessoais ao padre e menções a Lúcifer, além das siglas de facções criminosas atuantes no estado. “Vai morrer padre”, diz uma mensagem. “O diabo manda aqui”, diz outra frase que foi deixada nas paredes. O padre foi à Delegacia de Cruz registrar um boletim de ocorrência sobre o caso.Segundo o padre Tomé da Silva, a polícia abriu um inquérito para investigar o caso. “A polícia já esteve aqui pela manhã, já estive fazendo um boletim de ocorrência, a polícia gerou um inquérito policial e está investigando. Nosso desejo é que de fato seja esclarecido. Nós tínhamos acabado de pintar toda a igreja e está na situação que está. As paredes todas pichadas, as imagens, inclusive o altar com ameaças”, relata.

Igreja São Francisco de Assis tem paredes pichadas com ameaças e estátuas danificadas em Cruz. — Foto: Divulgação

Fonte: G1 Ceará 

- Advertisement -

Deixe uma resposta