Índia brasileira comemora aniversário de 121 anos

A organização não-governamental britânica de defesa dos povos indígenas Survival International informou nesta terça-feira que localizou uma indígena brasileira que acreditam ser a pessoa mais velha do mundo, já que em breve completará 121 anos.
MAria Lucimar Pereira e seus familiares (Foto: Survival International)

Maria Lucimar Pereira, uma indígena caxinauá, vive no oeste da Amazônia e diz que comemorar em 3 de setembro seu aniversário com sua família. Maria nunca viveu em uma cidade e atribui sua longevidade ao seu modo de vida saudável, já que só come alimentos encontrados na floresta como carne na brasa, macaco, pescado, mandioca e papinhas de banana – não come sal, açúcar ou alimentos processados.

O diretor da Survival International, Stephen Corry, acredita que isto contribuiu para a longa vida da indígena. “Nós somos frequentemente testemunhas dos efeitos prejudiciais da mudança forçada dos povos indígenas. É revigorante ver uma comunidade que mantém forte vínculo com seu território ancestral e que desfruta dos inegáveis benefícios disso”, disse Corry.
Segundo o comunicado da Survival, Maria se mantém saudável e relativamente ativa, tendo sua certidão de nascimento, que foi aprovada em 1985, indicando que nasceu em 1890.
A longevidade é algo muito comum em sua comunidade, conforme um de seus membros, conhecido como Carlos, que afirma que dos seus 80 habitantes, quatro já passaram dos 90 anos.