Keron Ravash | Associação Mães Pela Diversidade do Ceará realizam caminhada pela paz e pela vida em Camocim

A Associação Mães Pela Diversidade do Ceará, se fará presente logo mais às 16 h no município de Camocim, para uma caminhada pela paz e pela vida.

Contextualizando: Na semana passada (dia 04/01), no município já referido, aconteceu o assassinato de Keron Ravash, uma adolescente transexual de apenas 13 anos.

O objetivo da caminhada é lutar para que o crime contra Keron seja enquadrado como um crime de transfobia, visto que o assassino saiu armado para encontrar Keron. Já havia uma intenção de violência.

A Associação Mães Pela Diversidade é uma organização nacional de mães de LGBTIQ+ que preza acima de tudo pelas vidas de seus filhos, filhas e filhes.

A ida até Camocim pede uma reflexão ao estado do Ceará: Por mais amor, respeito, igualdade e combate a todas as formas de preconceito.

No município de Sobral, segundo o Técnico de Diversidade Sexual da Secretaria dos Direitos Humanos, Rogers Sabóia, foram registrados em 2020 04 homicídios de LGBTIQ+ no município, sendo 02 das pessoas assassinadas, travestis. Ele ressalta que o campo da prostituição acaba sendo o caminho que muitas travestis encontram para garantir sua fonte de renda, pois as mesmas não tem oportunidades no mercado de trabalho formal.

O que gera uma maior vulnerabilidade, pois as mesmas são submetidas à todas as formas de violências nas ruas.

Desta forma, a caminhada pela Vida, traz um alerta para que se invista mais em políticas públicas de prevenção às violências contra LGBTIQ+

Cada vida importa. Chega de invisibilidade contra pessoas Transgêneres.

A Associação Mães Pela Diversidade informa que seguirá as normas da Organização Mundial de Saúde – OMS. E pede que todes utilizem máscara durante a caminhada.

#EseFosseAsuaFilha

Deixe uma resposta