Lula oferece ajuda do Brasil contra o crime organizado no Equador

Na tarde desta terça-feira (23), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conversou por telefone com o presidente do Equador, Daniel Noboa, sobre a forte crise na segurança pública do país sul-americano.

O Equador entrou em guerra contra o narcotráfico após a fuga de um líder de um grupo criminoso ligado ao narcotráfico.

Lula ofereceu assistência do Brasil para combater o crime organizado, que também reconheceu ser um problema para seu governo, em especial devido às “fronteiras porosas” com nações vizinhas.

Segundo o governo federal, Lula se solidarizou com Noboa e indicou a disposição do Brasil em ajudar o Equador, inclusive por meio de ações de cooperação em inteligência e segurança.

Na conversa com Noboa, o petista ressaltou que a luta contra o crime organizado é também um desafio para os brasileiros nos vários níveis de governo, o que seria “agravado pela porosidade e extensão das fronteiras terrestres e marítima do país”.

Fonte: Gazeta Brasil

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.